Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

//arquivos
2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Posts

Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008

Dissabores

 Recebeste a notícia de forma estonteante, que te causou náuseas. Sem ter tempo para tentar fugir e colocar outras hipóteses, sentes logo uma amargura na tua boca, aceitando a realidade, por saberes que é hábito, julgando pelo que já viveste. Mas conscientemente nunca o farás; continuas a atirar todas as alternativas possíveis e imagináveis, tentando fazer com que o teu locutor te admita que é uma brincadeira de mau gosto, com alguma esperança de que hoje seja diferente, mas já sabes que não o fará. Não hoje, que não é verdade.

 Talvez não valha a pena tanto drama, até porque já te sentes exausta com a mecânica do dia. Já nada tinha corrido bem até agora, e isto serviu para culminar um dia que consideras mau. Só te resta esperar que daí em diante melhore, mas não paras de te moer e a tentar procurar satisfações. Estás insatisfeita, e só não gritas com todos aqueles que te metem neste estado por cortesia, e conténs-te. Os teus olhos trituram a tua fúria e transformam-na em lágrimas. A tua angústia impede qualquer palavra de sair completa e inteligível, e gaguejas sem fim.

 Já procuraste tudo, mas ainda não compreendes porque é que as coisas são assim, e começas a desejar que as outras pessoas compreendam o teu ponto de vista, em vez de seres tu a ter de compreender os outros, porque simplesmente não consegues. E sabes que estás certa e são eles que estão enganados.

publicado por Paulo Zhan às 23:42