Posts

Domingo, 26 de Novembro de 2006

.

publicado por Paulo Zhan às 21:01

Odeio-me
Porque foste feliz
com o que te dei
mas infeliz
com o que te tirei

Odeio-me
Porque te fiz sorrir
Mas também chorar
Porque te fiz cair
e não voar
Porque tive de ti
o que não podia ter
Porque quis de ti
o que não podia querer

Odeio-me porque
As minhas inseguranças
destruiram as tuas esperanças
Porque fiz dos teus sonhos
os teus pesadelos
Odeio-me
Porque me amas a mim
e te odeias a ti
Odeio-me
Tanto assim
Porque dei cabo de mim
de ti
de nós
E sim
Odeio-me a mim
Por cada lágrima que choraste
que chorei
que chorámos
Por cada sonho que não sonhaste
Porque errei
falhei
falhamos
Por cada indecisão
Por te partir o coração
Por cada não
E cada desilusão

Não fiques por mim
Fica por ti
Se o quiseres
Se o desejares

Se tens medo, parte
Se já não suportas, vai
Se queres sair, sai
Terei então de largar-te
esquecer-te
esquecer-nos
o que vivemos
e sentimos
e fizemos.....
*TiTi* a 27 de Novembro de 2006 às 21:54